Foto Jornal

Em nível mundial, observa-se, por um lado, lógicas universais do processo de urbanização no contexto neoliberal e a emergência da sociedade urbana, por outro. Tais lógicas se implantam em realidades sociais nacionais e locais muito diferentes. De modo geral pode-se constatar a existência de duas grandes diferenças de dinâmicas entre a América Latina e a Europa. Particularmente, do ponto de vista da construção dos espaços urbanos, a Amazônia brasileira apresenta características bastante específicas. Uma das mais importantes dessas características é a persitência da coexistência de territórios de grande densidade e de baixa densidade, sem transição intermediária.

Título: O Estudo de Viabilidade Municipal e o Desenvolvimento Territorial Local: análise do instrumento constitucional na dinâmica de fragmentação territorial

Aluno: César Pereira da Silva

Data/hora: 10/05/2016, às 14h

Local: NUMA/UFPA, sala Paquetá

Título: SABER POPULAR E O DESENVOLVIMENTO LOCAL: ELEMENTOS NORTEADORES E AÇÕES NA COMUNIDADE DO SOSSEGO/MARUDÁ/MARAPANIM-PA

Aluna: Marcia Sueli Castelo Branco Bastos

Data/hora: 09/05/2016, às 9h

Local: NUMA/UFPA, sala Jutuba

Os professores Doutores Rodolpho Zahluth Bastos e Luis Otávio do Canto Lopes do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia do Núcleo de Meio Ambiente da UFPA (PPGEDAM/NUMA/UFPA), foram convidados para tornarem-se membros do Conselho Gestor da APA Algodoal-Maiandeua. A posse ocorrerá no próxima quinta, 28, na Vila de Algodoal, em Maracanã (PA) durante a 1ª reunião ordinária do Conselho Gestor.