Larissa Mourão Pantoja apresentará no dia 11 de maio de 2020, às 10h, no NUMA/UFPA, a sua pesquisa intitulada "Impactos socioambientais de macrodrenagem urbana na Amazônia: O caso da Bacia da Estrada Nova, Belém/Pa.", desenvolvida sob orientação acadêmica do Prof. Dr. André Luís Assunção de Farias. A banca será composta ainda pela Prof.ª Dr.ª Luiza Carla Girard Mendes Teixeira e Prof. Dr. Juliano Pamplona Ximenes Pontes (FAU/UFPA).

Waldilene Garcia, discente do PPGEDAM, participou do quadro Ciência Pai D'Égua, do programa Bom Dia Pará, da TV Liberal, veiculado nesta quinta-feira, 7 de maio, apresentando a produção de adubo orgânico com produtores da agricultura familiar no município de Abaetetuba, resultado de sua pesquisa de mestrado.

A matéria pode ser assistida na íntegra no endereço: https://globoplay.globo.com/v/8537221/

Nesta quinta-feira, 7 de maio, o Núcleo de Meio Ambiente (NUMA) e Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM) irão participar da  Marcha Virtual pela Ciência no Brasil, por meio do programa de extensão Amazônia em Questão, que irá realizar a live "A importância da ciência no combate à Covid-19 na Amazônia”, às 19h30.

Prof. André Cutrin, do PPGEDAM/NUMA/UFPA, para Jornal Beira do Rio, 27/04/2020
Imagem: Acervo pessoal

Na economia, tanto o movimento ascendente (prosperidade) quanto o movimento descendente (depressão) são de natureza cumulativa. As tendências ascendentes e descendentes, uma vez iniciadas, não persistem indefinidamente no mesmo ciclo, mas acabam por inverter-se em algum momento. A manifestação de uma crise, quando da passagem do auge da expansão para o início da recessão, pode ser abrupta como ocorre com a fase criticamente aguda das pessoas que são surpreendidas pelo ataque de um novo vírus, enquanto a recuperação ocorre de forma não repentina e lenta.

Prof. André Farias, do NUMA/UFPA, para Jornal Beira do Rio, 22/04/2020
Imagem: Acervo pessoal

Com o crescimento exponencial da pandemia provocada pelo novo coronavírus - SARS-COV-2, com a avalanche de medidas governamentais, muitas vezes desencontradas, com as notícias verdadeiras, com as fake News e com as ações e reações da população, surgem muitas dúvidas: Existe motivo para medo? Quem negligencia as recomendações de especialistas está sendo atrevido e acreditando ser corajoso? Afinal, o que é racional e insano?