A ilha de Algodoal está localizada no nordeste paraense e é formada por quatro comunidades: Vila de Algodoal, Fortalezinha, Mocooca e Camboinha. Além de ser um dos destinos de veraneio e do réveillon mais procurados do Pará, a ilha também é uma Área de Preservação Ambiental (APA), sendo administrada pela Secretaria de Meio Ambiente de Maracanã. Segundo a lei, a APA Algodoal deve priorizar alternativas ecológicas capazes de gerar benefícios às populações locais e aos visitantes da ilha, sem agredir o meio ambiente.

As atividades acadêmicas fazem parte do pós-doutorado realizado pelo professor Otávio do Canto na Université Paul-Valery, Montpellier 3, França. Otávio do Canto ficará na França até novembro deste ano desenvolvendo atividades relacionadas ao plano de trabalho "Conflitos Socioambientais e Territórios Vulneráveis na Amazônia Brasileira: A Cartografia Participativa como Instrumento de Empoderamento Social", supervisionado pelo Prof. Dr. Frédéric Leone.

Joana Darc de Sousa Carneiro apresentará no dia 28 de janeiro de 2020, às 8h, no NUMA/UFPA, a sua pesquisa intitulada "Viabilidade econômica da pesca: identificação da reprodução social de pescadores no rio Panacuera, no município de Abaetetuba - PA", desenvolvida sob orientação acadêmica do Prof. Dr. Christian Nunes da Silva. A banca será composta ainda pela Prof.ª Dr.ª Maria do Socorro Almeida Flores e Prof. Dr. Cristiano Quaresma de Paula (PPGEO/Ufpa).